domingo, 2 de maio de 2010

FINANCIAMENTO 2 EM 1

Financiamento 2 em 1

VOCÊ SAI COM O CARRO E O SEGURO FINANCIADOS

O Porto Seguro Financiamento 2 em 1 possibilita financiar a compra e também o seguro do seu novo carro. Além disso, você pode incluir as despesas com despachante e os acessórios, para deixar o seu carro superequipado.

O Financiamento 2 em 1 é completo, rápido e oferece uma das melhores taxas do mercado. Melhor ainda, você pode pagar o financiamento em até 60 meses e a primeira parcela em até 60 dias.

Financiamos veículos novos e usados (a partir do ano de 2003) e o seguro pode ter vigência de 1, 2 ou 3 anos.

Com o financiamento 2 em 1 você conquista e protege o seu sonho!
Sujeito à análise de crédito e a revisão das condições cadastrais no momento da solicitação e demais condições do produto. Condições sujeitas à alteração, sem prévio aviso. A renovação do seguro de Auto obedece ao prazo contratado pelo segurado e não é automática. Sua vigência não está vinculada ao prazo de contratação do financiamento. Válido para pessoas físicas e veículos de passeio ou taxistas, exceto motos, O prazo de pagamento varia de acordo com o ano/modelo do veículo e público contratante. Despachante - válido para os honorários do despachante indicado pela financeira e para clientes do município de São Paulo.
Fonte: site Porto Seguro
Comentário:
A Porto Seguro comercializa tanto o Seguro quanto o Financiamento do veículo isoladamente. Entretanto, para atender as pessoas que queiram financiar, ao mesmo tempo, o veículo e seu seguro, a Porto Seguro lançou o Financiamento 2 em 1.
Estamos à disposição para atendê-los, consulte-nos.

Att.

Patricia Campos

Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477


*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde

*Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Reclamações e denúncias contra bancos aumentaram 89% em dois anos

O número de reclamações e denúncias contra os bancos aumentaram 89% desde 2007, segundo dados do Banco Central (BC). Em 2007, foram 52,8 mil registros, quantidade que subiu para 86,8 mil, em 2008, e para 99,8 mil, no ano passado. Para o chefe do Departamento de Prevenção a Ilícitos Financeiros e de Atendimento de Demandas de Informações do Sistema Financeiro do BC, Ricardo Liáo, o número reflete uma maior consciência e conhecimento do cidadão a respeito dos seus direitos. "Há uma ampliação das informações sobre esse tipo de atendimento que o Banco Central presta, como se fosse a última instância", disse.

Liáo ressalta que, no entanto, determinados assuntos ferem o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e não as regras do Conselho Monetário Nacional (CMN) e do BC. Mesmo assim, segundo ele, essas reclamações são processadas pelo BC. São exemplos de desrespeito ao CDC e, portanto podem ser resolvidos no Procon ou na Justiça, o envio de cartão de crédito sem o pedido do cliente, venda casada de produtos, como crédito e seguros ou planos de previdência, e a não entrega de cópia de contratos, por exemplo.

Segundo Liáo, do total de denúncias e reclamações feitas ao BC no ano passado, 62% dos casos não tinham indício de descumprimento de norma da autoridade monetária ou do CMN. "Mas todos os casos que chegam, a gente interpela a instituição, independentemente do que seja", garantiu. Entre as situações que estão previstas nas regras do BC e do CMN, estão a restrição à portabilidade, o não fornecimento de dados do custo efetivo total de uma operação e o cálculo errado do valor presente para liquidação antecipada de crédito.

Quando uma reclamação ou denúncia chega ao BC, as informações vão para um sistema e há o prazo de 10 dias para a instituição responder. Nesse período, a instituição deve enviar ao BC cópia eletrônica da resposta dada ao cliente e as providências adotadas. Essas regras foram criadas em 2005.

O atendimento ao público oferecido pelo BC é feito pela internet, por telefone (0800 9792345), por fax, correspondência ou pessoalmente. Antes de ir ao BC, o cliente bancário pode ainda tentar resolver o problema com a ouvidoria da instituição que não ofereceu o atendimento adequado. As instituições financeiras são obrigadas a oferecer o serviço de atendimento.

Além de fazer reclamações ou denúncias, há ainda um serviço do BC de prestação de informações, como de dados estatísticos, câmbio e inflação, por exemplo. Segundo Liáo, esse contato com a sociedade surgiu, inicialmente, da necessidade de esclarecer informações sobre os planos Cruzado e o Collor. "Foi quando o banco se viu obrigado a abrir suas portas e a começar a explicar para o público o que estava acontecendo".

Fonte: A Crítica Online

Comentário:

A venda casada, apesar de proibida, é praticada com frequência pelos bancos, principalmente nas negociações de financiamentos e/ou empréstimos.

Os bancos cobram taxas pelas operações realizadas do consumidor e os gerentes agem como se fizessem favores aos seus clientes obrigando-os, muitas vezes, a assinar propostas de seguros que , na maioria das vezes, são prejudiciais aos mesmos.

O prejuízo ocasionado aos clientes não é pela contratação de um seguro e sim por aludir a coberturas muitas vezes inexistentes.

Quantas pessoas e empresas contratam seguro de Acidentes Pessoais (AP) nos bancos e acreditam ter contratado Seguro de Vida. Qual a diferença? O AP só dá coberturas para causas acidentais, enquanto o Seguro de Vida dá cobertura tanto para causas acidentais como naturais (doenças, por exemplo).

E os Seguros Empresariais e de Automóveis que, quando analisado a Apólice, as coberturas estão abaixo das necessidades do Segurado? Qual o problema disto? O problema é verificar, na hora de receber a indenização, ou seja na hora do "sinistro", que o Segurado não terá condições de substituir o bem (ou porque terá que ratiar os prejuízos com a Seguradora ou porque não há cobertura para o "evento").

Além disto, na maioria dos casos, o valor pago pelo seguro contratado através do banco é muito maior e o benefício muito menor se comparado ao seguro contratado através de um Corretor de Seguros.

Há que se analisar também em quem atenderá o Segurado na hora do "sinistro". O banco (gerente) lhe dará o 0800 da seguradora e só. O Corretor de Seguros estará sempre a disposição do Segurado.

Por isto, escolha sempre um Corretor de Seguros habilitado pela Susep.


Att.

Patricia Campos

Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477


*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde

*Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Encontro com Cristo

Fazia frio naquela manhã, mesmo assim resolvi que precisava levantar, pois havia alguém que me esperava.

Eu havia me comprometido.

Afastei as cobertas, coloquei os meus pés no chão que estava frio e logo procurei meus chinelos, mas o frio continuava.

Fui lentamente em direção ao banheiro, aquela pequena distancia nunca me pareceu tão longa.

Ao abrir a torneira senti o frio da água que respingava em minhas mãos como se fosse um convite para desistir daquele encontro.

Com muito sacrifício lavei o rosto pensando seriamente em parar com aquilo e voltar ao calor dos meus cobertores, porque eu fui me comprometer?

E troquei de roupa e a cada peça que tirava o frio era um convite a desistir e a voltar a dormir.

Afinal era domingo, o único dia em que poderia dormir até mais tarde, mas estranhamente algo dentro de mim dizia que eu deveria continuar.

Havia algo muito especial para acontecer naquele dia e eu não podia simplesmente desistir.

Talvez não houvesse outra chance de nos encontrarmos ou até quem sabe o último momento.

Nesse dia não fiz nem café, pois já estava atrasado.

Quem sabe ele não me esperasse, quem sabe já tivesse ido embora?

Mas no fundo eu sabia que esses pensamentos não passavam de desculpas para que não cumprisse com meu compromisso.

Coloquei-me um pouco do café que havia sobrado do dia anterior no primeiro copo que vi pela frente, esquentei-o e tomei depressa.

Sai apressado pela rua, se alguém me visse naquele momento acharia que eu estava louco.

A cada passo dado a distância encurtava e o pensamento do atraso voltava a cabeça me deixando com o sentimento de culpa.

Será que Ele já foi embora? Será?

Será que estou muito atrasado?

É com certeza eu deveria ter acordado mais cedo.

Quando cheguei a sua casa a porta já estava aberta.

Entrei, vi que o fundo da sala estava iluminado.

Parecia a luz de uma pequena vela, fui me aproximando lentamente como alguém que não queria ser notado ou que tinha medo do que teria de explicar.

Que desculpas daria pelo meu atraso?

Este pensamento me torturou durante aquele percurso.

Aos poucos eu pude ver.

Ele estava lá, não tinha ido embora, me esperava.

E qual a minha surpresa, nem sequer fez uma pergunta.

Apenas me olhou e pude perceber que Ele já sabia de tudo.

Aquele olhar eu nunca vou me esquecer.

Transmitia uma paz, um carinho, ou melhor, transmitia amor.

E ao estar ali diante D’Ele, só pude dizer uma coisa:

- Meu Jesus, obrigado por me esperar.


Uma abençoada semana a você e sua família.


Att.

Patricia Campos

Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477


*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde

*Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Cigarro não rima com estágio

Luiz Gonzaga Bertelli*

Houve um tempo em que o ato de fumar era sinônimo de rebeldia juvenil. Hoje, a consciência sobre os danos provocados à saúde pelo tabaco dá sinais de que é mais forte do que a tendência adolescente de contradizer os adultos até mesmo em práticas elogiáveis.


Uma enquete realizada no Portal CIEE (www.ciee.org.br) com 21,7 mil estudantes, apurou que 88% não só apoiam a Lei Antifumo que vigora no Estado de São Paulo como também acreditam que esta deva ser ampliada para todo o País. Além desses, outros 5% manifestam-se favoráveis à proibição do consumo de cigarros em ambientes fechados de uso coletivo como bares, restaurantes, casas noturnas e outros estabelecimentos comerciais – incluindo aqui fumódromos e áreas de uso social de condomínios –, mas acreditam que a lei deve valer apenas para São Paulo.

Mais importante do que posição sobre a abrangência da proibição é a disposição dos jovens em se afastar do vício que, além de dentes amarelados, mau-hálito, câncer e problemas no coração, pode afetar até suas carreiras. As mais modernas políticas de gestão de pessoas privilegiam uma abordagem “holística” dos colaboradores, o que quer dizer que funcionários ou estagiários são avaliados em outros aspectos além da sua produção individual ou seu ritmo de desenvolvimento profissional.

As empresas querem contar com colaboradores sadios física e mentalmente, além de tecnicamente capacitados – afinal, eles também são responsáveis pela imagem da organização. Não é raro encontrar corporações que mantêm campanhas de combate ao fumo, oferecendo acompanhamento psicológico e remédios para auxiliar o combate ao vício. Mesmo porque, na ponta do lápis, os minutos gastos em fumódromos – ou nas ruas, como é o caso de São Paulo, desde a entrada em vigor da lei estadual que proíbe fumar em ambientes fechados – resultam em várias horas perdidas ao final de cada ano. Por isso não é de espantar se alguns processos seletivos – inclusive de estágio – já levam em consideração se o candidato é ou não fumante para decidir uma contratação.

E somar pontos frente aos supervisores é fator determinante para a efetivação dos estagiários. A dica aos jovens, portanto, é: aprender ao máximo os meandros de sua profissão, dedicar 100% de sua atenção ao seu estágio e continuar a desaprovar o consumo de cigarros, bem como de todas as outras drogas lícitas ou ilícitas. Seu futuro agradece.

*Luiz Gonzaga Bertelli é presidente executivo do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e diretor da Fiesp.

Att.

Patricia Campos

Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477


*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde

*Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Cidade mineira se prepara para inaugurar o Cristo mais alto do planeta

Imagem terá 39,5 metros de altura, quase 10 a mais que o Redentor, do Rio. Turistas poderão andar em passarela sobre os braços

A maior estátua do Cristo do planeta agora fica em Minas Gerais. A imagem, de 39,5 metros de altura, construída em Elói Mendes, no Sul do estado, a 328 quilômetros de Belo Horizonte, desbancou o famoso Cristo Redentor do Rio de Janeiro. O símbolo carioca, de 30 metros de altura e oito metros de base, acaba de perder o posto para a réplica mineira, que deve ser inaugurada em 2011, quando Elói Mendes completará 100 anos.

Apesar de pequeno, o município de 23 mil habitantes pretende virar atração turística mundial. Às margens da BR-491, a imagem do Cristo de Elói Mendes, com os braços abertos, é fácil de ser visualizada e chama a atenção pela grandiosidade. O monumento de 39,5 metros de altura e oito metros de base tem 500 toneladas, começou a ser construído em 2006 e acaba de ficar pronto. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos, a obra custou cerca de R$ 500 mil.

O prefeito Natal Cadorini (PDT) conta que a ideia surgiu quando moradores da cidade, principalmente os religiosos, começaram a fazer um movimento para que fosse construído o monumento. Alguns líderes da comunidade e da prefeitura escolheram como local uma das áreas mais altas da cidade e o proprietário fez a doação de parte das terras. “No orçamento do primeiro projeto, prevíamos a construção de uma estátua de 25 metros. Ao visitar o Cristo do Rio de Janeiro, chegamos à conclusão de que poderíamos fazer um maior do que ele”, disse.

Passarela

Esculpida por um artista cearense, a obra revela alguns detalhes, como o formato das vestes, do rosto, da barba e das mãos da estátua mineira, que são bem diferentes do Cristo carioca. Outra novidade é que os turistas poderão andar dentro da imagem, algo que no Cristo do Rio não se pode fazer. Uma escada levará as pessoas até a cabeça da imagem. Os responsáveis pela construção ainda pretendem instalar uma passarela nos braços do monumento, por onde os visitantes que gostam de altura poderão visualizar a cidade do alto e fazer fotografias.

O enfoque religioso da estátua também se transformou em atração turística. Todos os dias, vários visitantes passam pelo local para conhecer de perto o Cristo mineiro. Além da imagem, já foram finalizadas as obras dos banheiros, que ficarão na parte térrea. No segundo andar será instalado um restaurante, que oferecerá acesso à escada para subir na estátua. Ao redor do Cristo será construída uma área de lazer, com academia pública e um parque para as crianças. De acordo com o prefeito, a inclusão de mais essas obras está orçada em mais R$ 300 mil.

O Cristo não deve ser a única obra de destaque na pacata Elói Mendes. Segundo o prefeito, cada trevo de acesso pode ganhar um símbolo de atração de turistas. Estão em fase de aprovação os projetos de grandes estátuas em homenagem ao café, produto que move a economia local, e outra em homenagem ao Espírito Santo. Há também o projeto da imagem de uma mutuca, mosquito que já deu nome à cidade.

Beleza nos morros

Outros municípios do Sul de Minas também se destacam por ter grandes réplicas do Cristo Redentor. Em Pouso Alegre, a estátua de 33 metros de altura fica a 1,2 mil metros de altitude e foi inaugurada em 2000. A imagem, construída em armações de ferro e concreto, pode ser visualizada de todas as partes da cidade. A atual estátua é a segunda a ser colocada no local. Antes, havia outra que caiu em 30 de outubro de 1999. Depois da queda, foi solicitada a construção de uma nova estátua e a reformulação da base para sustentação. O Cristo de Poços de Caldas é o cartão-postal da cidade. Localizado no alto da Serra de São Domingos, a 1.686 metros acima do nível do mar, o monumento tem 16 metros de altura e foi inaugurado em 1958.

Fonte:Patrícia Rennó - Estado de Minas

Att.

Patricia Campos

Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477


*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde

*Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Conheça o novo CONSÓRCIO DE PESADOS

O Porto Seguro Consórcio encontrou no mercado uma nova oportunidade de negócio: o C onsórcio de Máquinas e Veículos Pesados. O segme...