Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

Novas regras para seguro de condomínios já vigoram em julho

A partir do próximo dia 1º de julho, as seguradoras serão obrigadas a oferecer aos clientes, no seguro condomínio, duas modalidades: a cobertura básica simples e a cobertura básica ampla. É o que determina a Resolução 218/2010 do CNSP, editada em dezembro do ano passado. De acordo com a norma, a cobertura básica simples garante o condomínio segurado contra os riscos de incêndio, queda de raio dentro do terreno segurado e explosão de qualquer natureza. Neste caso, poderão ainda ser contratadas coberturas adicionais, de acordo com os riscos a que estiver sujeito o condomínio segurado.Já a cobertura básica ampla apresenta coberturas para quaisquer eventos que possam causar danos materiais ao imóvel segurado, exceto os expressamente excluídos. Trata-se, portanto, de um seguro "all risks".Segundo técnicos da Superintendência de Seguros Privados (Susep), as coberturas de desmoronamentos, alagamentos e outros fenômenos naturais poderão ser oferecidas em ambas as modalida…

Reajuste de planos será retroativo

A Associação Proteste adverte os consumidores que têm reajuste anual dos planos de Saúde em maio e junho para ficarem atentos ao boleto de pagamento. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) ainda não autorizou o aumento das mensalidades, o que vai gerar a cobrança retroativa em julho.

O mesmo problema aconteceu no ano passado, quando o percentual de 6,73% entrou em vigor a partir de 11 de junho. Os usuários dos planos individuais pagaram mais em julho e agosto porque o percentual ficou acumulado. A ANS informou que aguarda a autorização do Ministério da Fazenda para anunciar o índice de reajuste. O aumento dos planos de Saúde vai afetar 7,8 milhões de usuários de planos individuais e familiares contratados a partir de janeiro de 1999. Este ano é possível que esteja embutido no percentual de aumento a atualização dos 70 novos procedimentos médicos incluídos no rol em 2010. "A atualização do rol poderá ter forte impacto no reajuste dos planos individuais", pre…

Cuidado: capitalização não é investimento

Jogar na loteria. Essa é a definição de especialistas em finanças pessoais quando se fala em comprar um título de capitalização. A aposta pode custar caro para o cliente, pois o rendimento nem sempre é garantido e o sorteio, como a própria palavra diz, é questão de sorte. “É importante que as pessoas entendam que título de capitalização não é investimento. Não há garantia de que o dinheiro pago durante o período do produto será resgatado integralmente. Em muitos casos, por conta da inflação, o dinheiro aplicado é desvalorizado”, explica o professor de Economia e Finanças Pessoais do Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (Ibmec), César Frade. Outra desvantagem do título de capitalização é a taxa de juros aplicada, conhecida como TR, no cálculo do valor aplicado. O rendimento anual é menor que 1%, muito abaixo do rendimento da poupança, que chega até 6%. Mesmo assim, alguns gerentes de bancos insistem em dizer que o título de capitalização é uma poupança forçada para aq…

Comissão da Câmara aprova criação de proteção para previdência privada

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara dos Deputados emitiu, na última semana, parecer favorável a projeto do Executivo que pretende fortalecer o Sistema Nacional de Seguros Privados, Previdência Complementar Aberta e Capitalização, criando fundo que protege direitos dos consumidores de seguros e previdência privada. - A medida, de 2008, assinada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, estabelece garantias aos consumidores de previdência privada e seguros. De maneira geral, o Projeto de Lei 3.498/2008 cria o Fundo de Proteção do Consumidor de Seguros Privados, Previdência Complementar Aberta e Capitalização (FPC). A ideia é ressarcir segurados ou clientes em casos de insolvência, liquidação ou falência das empresas de cada área. Para a relatora do projeto na comissão, deputada Ana Arraes (PSDB-PE), o FPC traz uma série de benefícios. Em seu relatório, a deputada aponta que o fundo "prepara uma saída mais suave de operadores ineficientes do sistema, favorece o ape…

Espera no Senhor

O silêncio e a espera em Deus trazem o poder de nos transformar naquilo que devemos ser. Espera no Senhor!!!Mesmo quando a vida pedir de você mais do que pode dar e o cansaço já fizer seu passo vacilar.Espera no Senhor!!!Mesmo se a solidão do seu peito machucar e lhe der vontade de ir embora e tudo abandonar.Espera no Senhor!!!Mesmo se o coração angustiado está, por ver alguém que você ama longe do Senhor andar. Espera no Senhor!!!Mesmo se Suas promessas demorem a se cumprir e a vontade Dele seja sacrifício para você.Espera no Senhor!!!Há um Deus que ama você! Ele tudo pode transformar! Seu amor sustenta! Espera nEle!!!E Ele tudo fará... Espera no Senhor, no amor verdadeiro, no Ágape.
Paz e bem!
Patricia Campos
Telefax: (31) 3463-2838 / Cel: (31) 9675-5477 E-mail: seguros@patriciacamposcorretora.com.br
Site: www.patriciacamposcorretora.com.br
*Seguro Garantia *Seguro de Vida *Plano de Saúde *Responsabilidade Civil *Equipamentos *Automóvel

Direito e Justiça - Seguradora deve indenizar mesmo sem o pagamento total do Seguro

A seguradora foi condenada a pagar a indenização prevista no contrato devido ao furto de um veículo segurado pela empresa.Seguradora foi condenada a pagar a indenização prevista no contrato devido ao furto de um veículo segurado pela empresa. O dono do carro furtado havia acabado de renovar o seguro, mas, após o roubo, a seguradora se recusou a pagar a indenização, alegando que não tinha aprovado a renovação do contrato. A decisão é da juíza da 10ª Vara Cível de Brasília e cabe recurso.

O autor alegou que vinha renovando com a ré por três anos seguidos o seguro de seu carro. O último contrato vigeu de 24/2/2008 a 24/2/2009. Ao término desse período, o autor renovou mais uma vez o contrato com validade até 24/2/2010, pelo preço de R$ 3.114,50, pagos com quatro cheques. Segundo o autor, o primeiro cheque foi descontado pela seguradora em 13 de abril de 2009.

O autor afirmou que no dia 15 de abril de 2009, teve o carro furtado no estacionamento da Feira dos Importados. Ele proc…

Privatização do IRB Brasil deve acontecer no próximo ano

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) pretende finalizar o edital de desestatização do IRB Brasil Resseguros até o fim do ano, informou por meio de sua assessoria de imprensa. Com isso, a privatização do instituto ocorreria no ano que vem. O BNDES foi designado pelo Conselho Nacional de Desestatização (CND) como gestor do processo.
O primeiro passo será a contratação pelo banco de uma empresa de auditoria externa independente para garantir a qualidade do processo de reestruturação. A instituição recebeu autorização para realizar o processo licitatório, na modalidade de pregão eletrônico, para a contratação da auditoria por meio de uma resolução do CND, publicada o Diário Oficial da União. O banco prevê inicialmente para julho a realização deste pregão. De acordo com o BNDES, também deverão ser contratadas "num futuro próximo", um escritório para assessoria jurídica ao banco e uma empresa de serviços de avaliação econômico-financeira e patri…

Inscrições para o Enem 2011 terminam sexta-feira

A expectativa do Inep é que o número de inscritos neste ano chegue a 6 milhões
Esta é a última semana de inscrições para os interessados em participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. O prazo terminará às 23h59 de sexta-feira (10) e o processo deve ser feito exclusivamente pela internet, no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). A expectativa do Inep é que o número de inscritos neste ano chegue a 6 milhões – em 2010 foram cerca de 4 milhões. Em 2009, o Ministério da Educação (MEC) deu início a um projeto de substituição dos vestibulares tradicionais pelo Enem como forma de ingresso na universidade. A partir do resultado da prova, os alunos se inscrevem no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e podem pleitear vagas em instituições públicas de ensino superior de todo o país. A participação no Enem também é pré-requisito para os estudantes interessados em bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni). Os benefícios são dist…