Postagens

Mostrando postagens de Setembro 15, 2010

Seguros de vida crescem junto com alta econômica

Modalidade individual bateu a marca de R$ 514 milhões no primeiro semestre, alta de 32,3% em relação a 2009
O crescimento e o fortalecimento da economia trouxeram, além do aumento do consumo das famílias, uma outra tendência de mercado: o planejamento familiar. Para isso, são inúmeros os produtos disponíveis no mercado. Porém, não há um produto que tenha registrado tanto crescimento quanto os seguros para pessoas. Segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), somente no primeiro semestre deste ano, a venda de seguros cresceu 13,3% em relação ao mesmo período do ano passado, alcançando R$ 7,4 bilhões.
A região Sudeste é a maior responsável pela receita, 65,6%, seguida pela região Sul, com 17,3%, Centro-Oeste (8,5%), Nordeste(6,6%) e Norte (1,7%). Por modalidade, o seguro de vida individual bateu a marca de R$ 514 milhões, alta de 32,3% na comparação com os R$ 388,3 milhões registrados no mesmo período de 2009. “Foi o melhor resultado dos úl…

Aquecimento na saúde privada

Num Brasil acelerado, oferecer saúde de qualidade passou a ser um bom negócio. Mas ainda não está claro, como, a longo prazo, acontecerá o [br]financiamento desses serviços A saúde privada brasileira está aquecida. De planos de saúde a hospitais, passando por redes de laboratórios, os movimentos de fusão, compra e venda vão se sucedendo e redesenhando o setor.
É um momento positivo para o país por significar um melhor atendimento da população. Vale frisar que ele ocorre porque a sociedade brasileira está mais rica e um número cada vez mais elevado de pessoas procura fugir das filas do SUS, através da utilização da rede privada. Finalmente, não se esquecer que o Brasil tem atraído investimentos feitos por grandes fundos internacionais e algumas das aplicações estão sendo direcionadas para a atividade, tanto na área dos planos de saúde, como em redes de hospitais e serviços afins.
Entre os movimentos recentes vale salientar a venda da Qualicorp, a maior corretora de planos de s…

Brasileiro quer poupar, mas esbarra na renda escassa

Estudo mostra que subiu de 29% para 44% o número de famílias que deseja aplicar para a aposentadoria.
Por Antonio Perez, de São Paulo As famílias brasileiras mostram interesse crescente em poupar parte de sua renda para a aposentadoria, mas são poucos os que já têm um plano de previdência privada. É o que mostra estudo da consultoria Kantar Worldpanel a pedido da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi). De acordo com o estudo, que abrangeu 8,2 mil domicílios, o número de famílias que planeja poupar para a previdência saltou de 29% em 2008 para 44% no ano passado. No entanto, apenas 4% das famílias consultadas têm um plano de aposentadoria complementar, como PGBL e VGBL. O crescimento acelerado do números de famílias que desejam poupar para aposentadoria surpreendeu a Fenaprevi, diz Renato Russo, vice-presidente da entidade. Isso mostra que há um terreno fértil para expansão da previdência privada no país, diz ele, ressaltando que os ativos dos planos pr…

Procurar o corretor é uma das boas práticas citadas em guia da Fenseg

Para adquirir um seguro de automóvel o interessado deve contatar um corretor de seguro, profissional legalmente habilitado e capacitado para realizar a intermediação entre seguradoras e segurados. Essa é uma das “boas práticas” listadas no guia lançado, sexta-feira, pela Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenseg), durante a 2ª Conferência de Proteção do Consumidor de Seguros, realizada em São Paulo.
Segundo o presidente da entidade, Jayme Garfinkel, o Guia de Boas Práticas para o seguro automotivo, é uma importante ferramenta para aprimorar o seguro de automóveis e dar suporte à avaliação dos serviços disponíveis no mercado. “Um dos objetivos é ampliar a informação do consumidor que adquire seguros sobre seus direitos e sobre a responsabilidade das empresas”, explicou o executivo.
O Guia traz um capítulo exclusivo sobre as relações das seguradoras com os corretores.
Nesse capítulo, a Fenseg recomenda que, “visando estreitar o seu relacionamento com os corretores e contrib…

Porto Seguro facilita compras pela Internet

A Porto Seguro lançou o “Shopping Porto Seguro Cartões”, portal que reúne uma série de estabelecimentos parceiros para facilitar as compras dos clientes na Internet. Pelo site www.shoppingportoseguro.com.br, os clientes têm acesso a uma “Galeria de Compras” repleta de lojas, de segmentos diversificados, para que possam fazer compras on-line de diversos produtos como eletrodomésticos, eletroeletrônicos, informática, CDs, DVDs, livros, decoração, utilidades, presentes e muito mais.
Ao clicar sobre as lojas, o cliente Porto Seguro Visa pode consultar os vários descontos que pode aproveitar em cada uma. Periodicamente, novas lojas são disponibilizadas no site, para oferecer mais variedade aos usuários. Além disso, os clientes podem parcelar suas compras no cartão Porto Seguro Visa.

“Criamos o portal para oferecer aos clientes a facilidade de fazer compras com tranquilidade, conforto e vantagens diferenciadas”, explica Marcelo Picanço, diretor da Porto Seguro Cartões.[3]

Lançad…

A criação da agência de garantias

Os analistas financeiros têm ressaltado que o setor de seguros no Brasil, embora tenha avançado bastante nos últimos anos, ainda é pequeno em relação ao que a economia demandaria. Pela dimensão de seu PIB o Brasil se classifica como 8.ª ou 9.ª maior economia do mundo, mas o seu setor segurador está no 18.º lugar nas comparações internacionais. Há muito potencial para crescer, se o Estado não voltar a ocupar espaço nessa área, da qual pretendia se retirar com a decisão de privatizar o Instituto de Resseguros do Brasil (IRB). Uma nova investida estatal foi o motivo das críticas à criação da Empresa Brasileira de Seguros (EBS), proposta pelo governo em maio. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou na ocasião que a nova estatal - logo chamada de Segurobrás - era necessária para dar cobertura aos grandes projetos de infraestrutura, que o setor segurador privado não teria condições de assegurar. Apesar das resistências encontradas no governo, a Confederação Nacional das Emp…

Bateu o carro? Conte com o Centro de Atendimento Rápido

Benefício para segurados Porto Seguro Auto, Seguro Auto Itaú e Azul Seguros que garante mais rapidez na liberação do conserto, carro extra e desconto na franquia
O Centro de Atendimento Rápido (CAR) tem unidades em todo Brasil e oferece diversos serviços para otimizar as etapas de um sinistro que supere o valor da franquia.
Nas unidades prestadoras do serviço (consulte endereços em www.portoseguro.com.br/car), segurados Porto Seguro Auto, Seguro Auto Itaú e Azul Seguros passam a contar com vistoria do automóvel e liberação do conserto imediatas; encaminhamento do veículo sinistrado até oficina referenciada e devolução após o reparo; e possibilidade de optar por carro extra ou descontos no valor da franquia, conforme condições dos produtos e cláusulas contratadas.
“Os segurados vão ganhar tempo utilizando o CAR, porque tudo será feito em um único local”, explica Marcelo Sebastião, diretor do ramo Auto da Porto Seguro. “Após a entrega do veículo pelo cliente, todas as respons…

Demonstração de Fé

Vamos até a montanha onde Deus mora?Comentou um cavaleiro com seu amigo.Quero provar que Ele só sabe pedir e nada faz para aliviar o nosso fardo.Pois vou para demonstrar minha fé - disse o outro.Chegaram os dois à noite no alto do monte e escutaram uma voz na escuridão:"Encham seus cavalos com as pedras do chão!"Viu - disse o primeiro cavaleiro - depois de tanto subir Ele ainda nos faz carregar mais peso. Jamais obedecerei.O segundo cavaleiro, homem de fé, fez o que a voz dizia. Quando terminaram de descer o monte a aurora chegou e os primeiros raios de sol iluminaram as pedras que o cavaleiro piedoso havia trazido.Eram diamantes puríssimos.As decisões de Deus são misteriosas, mas estão sempre a favor daqueles que O amam.Há momentos em nossas vidas em que realmente fica difícil enxergar desta forma, pois o fardo se torna tão pesado que parece impossível achar a saída.É inacreditável as coisas que acontecem quando deixamos de lado o medo, a impaciência e passamos a cult…

Atuação de cooperativas que vendem clones de seguros completa seis anos

Seis anos após o surgimento das primeiras cooperativas e associações de classe que vendem “clones” de seguros, o Ministério Público e a Polícia Federal apertam o cerco sobre tais entidades, visando a corrigir eventuais distorções e situações que iludam o consumidor.
O problema ocorre em todo o país, embora seja mais intenso em Minas Gerais, onde o Ministério Público moveu ação civil coletiva contra a Associação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (Ascobom) e seus fundadores, pela venda da chamada proteção automotiva. Para o MP, esse tipo de operação é ilegal, pois não é regulamentada.
Na ação, o Ministério Público solicitou que sejam declarados nulos todos os mais de 40 mil contratos celebrados entre a Ascobom e os consumidores. Foi pedido ainda que os bens da entidade se tornem indisponíveis para devolução dos valores pagos no último mês. A ação vale para todo o território nacional.
As autoridades continuam de olho em outras entidades que comercializam variações d…