domingo, 28 de julho de 2013

Brasileiro nunca investiu tanto em previdência aberta

O segmento de previdência complementar aberta continua superando recordes. Segundo dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi), de janeiro a maio, o setor arrecadou aproximadamente R$ 33,4 bilhões, o que representou um crescimento da ordem de 24% em relação ao valor apurado no mesmo período, em 2012.


Com isso, a receita média diária apurada pelo setor saltou de R$ 179,3 milhões, no final de maio do ano passado, para R$ 222,6 milhões no mesmo mês no atual exercício, ou ainda R$ 9,3 milhões a cada hora.

Mais uma vez, os planos individuais foram o destaque, o que sinaliza que o cidadão comum cada vez investe mais em planos de previdência aberta.

De acordo com a FenaPrevi, na soma dos primeiros cinco meses, esses planos geraram novos depósitos de R$ 29,9 bilhões, alta de 28,7% em comparação ao mesmo período de 2012.

Já os planos empresariais acumularam R$ 2,7 bilhões, com ligeira queda, de 3,6% em relação aos cinco primeiros meses de 2012; enquanto os planos para menores arrecadaram R$ 711,3 milhões, com retração de 8,9%.

A FenaPrevi informou ainda que a previdência privada aberta conta atualmente com pouco mais de 12,6 milhões de contratos ativos. No total, 95.140 pessoas já usufruem os benefícios (aposentadoria, pecúlio, pensão, renda por invalidez e renda a menores).

Fonte: CQCS

Para conhecer mais sobre esse produto e contratá-lo entre em contato conosco.

Att.

Patricia Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Terceirização: A segurança jurídica é primordial para a saúde financeira de sua empresa

A Terceirização trouxe facilidades que buscam a redução de custos e de esforços em áreas, inicialmente, fora da atividade fim dos empreende...